Secretaria da Cultura

go!
Cadastro para Jornalistas
Nome:
Email:
Veículo:
Função:
Endereço:
Cidade: Estado: Cep:
Telefone:
Cadastro para Jornalistas


Solicitação de cadastro enviada com sucesso!
Em breve faremos contato.
E-mail:
Senha:
Dança em rede
O que é
Dança em Rede?
Uma enciclopédia colaborativa online da dança, que busca conhecer e divulgar a dança do Brasil. Os visitantes podem escrever e editar verbetes com fotos, textos, links para sites de compartilhamentos de vídeos e publicações, em diversas categorias: grupos, escolas, profissionais da dança, companhias, e outros. O Dança em Rede apresenta textos informativos sobre a dança do Brasil e exterior, com o objetivo de ampliar e democratizar o acesso à esta arte.
Seja um colaborador
A plataforma é aberta a todos os interessados. Você pode participar incluindo ou completando verbetes existentes. Para isso, basta se cadastrar gratuitamente em nosso sistema.
Verbete do dia
Camilla Pupa
Categoria: Profissionais da dança
Atividade atual: Coreógrafa e maitre de Ballet
Cidade natal: São Paulo - São Paulo (Brasil)
Nascimento: 10/01/1962
Biografia:
Bailarina, professora, coreógrafa e maître de ballet clássico,  iniciou seus estudos com Aracy Evans e diplomou-se em 1976 pela Escola Municipal de Bailados de São Paulo,  sob direção de Marília Franco, integrando o Corpo de Baile da E.M.B. de São Paulo onde atuou como solista pelo período de 2 anos.

Em sua formação em técnica clássica constam nomes como; Maria Helena Ansaldi, Maria Helena Teixeira, Marília Franco, Josey Leão e Gil Sabóia. Em sua formação de repertório clássico nomes como Ady Addor e Helena Pankova, se destacam. Certificou-se em metodologia pelo Centro Pro-Danza de Cuba, sob direção de Laura Alonso. Em Jazz, Moderno e Contemporâneo, constam Joyce Kerman e Rose Calheiros (SP);  workshops com Marly Tavares e Carlota Portela (RJ),  Sheron Romeiko,  Bill Hasting,  Roberta Mathis, Fred Beyjamin, Doug Caldwell, Redah Bentejour e Lori Belilov (NY/USA).

Habilitou-se como artista, bailarina e maître de ballet pelo Sindicato dos Profissionais da Dança do Rio de Janeiro e pelo SINDDANÇA de São Paulo com n° de DRT 003178/91, e desde então se dedica na preparação de bailarinos e professores para o mercado de trabalho.
No intuito de divulgar seus conhecimentos, em 1982 iniciou atividade como professora de ballet clássico através de sua própria escola o Espaço de Danças Ilusão & Vida (Camilla Ballet).  Após quatro anos de atividade como professora e diretora de escola, formou a companhia de danças Ilusão & Vida Cia. de Dança Camilla Ballet que devido à qualidade de seus trabalhos, tem hoje o reconhecimento nacional e internacional. Como diretora e ensaiadora da Cia. Ilusão & Vida, acumulou mais de 425 apresentações em espetáculos e festivais por todo o país, ressaltando a montagem do segundo ato do ballet Giselle, patrocinado pela rádio e televisão Bandeirantes e mais de 350 prêmios adquiridos em festivais. Entre os quais: a apresentação por dois anos consecutivos da bailarina revelação do festival de dança de Joinville, considerado o maior festival de dança da América Latina e o de melhor maitre ensaiadora do ano de 1990, atribuído pelo CBDD (Conselho Brasileiro da Dança), órgão vinculado ao CIDD (Conseil International de La Dance), por anos consecutivos  apresenta bailarinas que são a revelação e maior nota do festival organizado pelo SINDDANÇA, o ENDA - Encontro Nacional de Dança ,e  no Congresso Internacional de Dança de Brasília sob sua direção, diversas bailarinas conquistaram medalhas de ouro, prata, bronze e diversas bolsas de estudos nas mais importantes escolas e companhias da Europa.

No âmbito internacional, em 1990, por indicação de Tatiana Leskova e incentivo cultural do Consulado Geral da França, preparou uma de suas bailarinas revelação a representar o Brasil no IV Festival de dança de Paris. Em 1991, participou do I Cuballet em Buenos Aires, curso ministrado pelo Centro Pro Danza de Cuba, com direção de Laura Alonso e Alicia Alonso. Neste mesmo ano, por convite de Masako Ohya, preparou quatro bailarinos a participar do Masako Ohya World Ballet Competition in Osaka no Japão, onde uma de suas bailarinas obteve classificação entre os 10 primeiros bailarinas do mundo, título até então inédito a brasileiros.

Em 1992, foi para os Estados Unidos estagiar pelo período de um ano no Peoria Ballet Company, onde foi assistente na montagem do ballet Quebra Nozes, bem como, sob o patrocínio da Caterpillar Foundation, preparou duas de suas bailarinas como solistas convidadas para esta montagem, onde obteve o reconhecimento da imprensa do Estado de Illinois e convites para que essas bailarinas integrassem companhias americanas, entre elas o Ballet de Chicago.

Durante o ano de 1993, ministrou aulas e coreografou pelo interior do Estado de São Paulo, bem como, em caráter temporário, assumiu a direção da Watt's Companhia de Dança.

Em 1994, concluiu o curso de metodologia, estágios I e II, ministrado pelo Centro Pro Danza de Cuba.

Em 1998, escreveu alguns artigos para revistas especializadas, entre elas,  Você e a Dança e Festivais.

Em 1999, atuou como assistente coreográfica no Ballet O Quebra Nozes produzidas pelo Instituto de Artes Coreográficas do município de Santo André.

Em 2000, foi lhe concedido o prêmio Destaque Profissional Modalidades Clássicas, conforme resultado obtido em pesquisa realizada no Estado de São Paulo, nos diversos segmentos da dança e o prêmio Personalidade da Dança pela cidade de Bauru. Ainda nesse ano produziu e dirigiu o balé Coppélia com apoio do Teatro São Francisco.

Em 2001, foi contratada para dirigir a Companhia Estável Elenco Promodança de São Paulo, acompanhando a companhia pelo interior do estado de São Paulo, com a remontagem do balé O Corsário.

Em 2002, foi novamente contratada para dirigir a Companhia Estável Elenco Promodança de São Paulo, para a remontagem da suíte do ballet Paquita e para Companhia Experimental Capezio, para remontagem da Balada do trigo do Ballet Coppélia. Obteve o prêmio de melhor Maitre repositora no Grand Prix Capezio Brasil.

Ainda em 2002, produziu e dirigiu o espetáculo Camilla Pupa 20 anos transformando sonhos em realidade que apresentou as diferentes gerações de alunos que passaram por sua vida profissional, bem como, seus trabalhos realizados nas companhias Estáveis Elenco Promodança e Estável Elenco Capezio, ambas com direção geral de Maurício de Oliveira. Prestigiaram o evento os seguintes profissionais: André Malosá (SP-Brasil), Cindy Amista (SP-Brasil), Daniela Severian (Lisboa-Portugal), Denise de Almeida (SP-Brasil), Dinah Perry (SP-Brasil), Eduardo Bonnis (SP-Brasil), Flávio Lima (SP-Brasil), Gabriela Ganan (Halle-Alemanha), Ivy Amista (Munique-Alemanha), Izadora Simões (Dresden-Alemanha), José Perez (Dresden-Alemanha), Luiz Marcelo Curi (SP-Brasil), Paulo Goulart Filho (SP-Brasil), Priscila Marcassa (SP-Brasil), Ronaldo Martins (RJ-Brasil), Sílvia Gaspar (MG-Brasil), Tatiana Stamado (SP-Brasil), Wilson de Carvalho (SP-Brasil). O evento também contou com as atuais solistas do Espaço de Danças Ilusão e Vida: Artemis Bastos, Bruna Figueiredo, Denise Canovas, July Sada Ito, Lívia Sandri e Paula Penachio. E neste mesmo ano recebeu das mãos do prefeito de Barra Bonita o título de cidadã Barra bonitense por serviços culturais prestados a comunidade.

Em 2003, foi contratada para dirigir a Companhia Estável Promodança de Barra Bonita, onde dirigiu a remontagem da Suíte do Ballet O Corsário. Um projeto que reuniu alunos das mais diferentes escolas de balé do interior nos mais diferentes níveis. Fizeram parte do projeto as cidades de Aerópolis, Araçatuba, Barra Bonita, Bauru, Lençóis Paulista, Piracicaba e São Paulo capital.

Em 2004, deu início juntamente com a Secretaria da Educação do Município de SP ao projeto social Palco para Todos apresentando o ballet de repertório Coppélia e ainda participou do Youth America Grand Prix em New York apresentando sua coreografia Brasileirinho executada por Lívia Sandri obtendo pela banca julgadora a nota máxima. No mesmo ano começou a trabalhar em piracicaba na escola de ballet Oficina da Dança, montando também o ballet de repertório Coppélia.

Em 2005, foi para Munique na Alemanha para conhecer a escola Heinz-Bosl-Stiftung através de sua diretora Konstanze Vernon no intuito de estreitar relacionamento para possíveis  intercâmbio de alunos. Aproveitando sua estada em Munique, assistiu a estréia de sua ex-aluna como solista principal no balé  La Bayadere  fazendo o papel de Nikiya e de seu ex-aluno Denis Piza. Ainda em Munique, participou de aulas técnicas com uma das principais bailarinas do século passado Yelena Pankova.

Ainda em 2005, dando continuidade ao projeto social Palco para Todos, produziu numa ousada montagem o ballet de repertório Dom Quixote numa homenagem aos 400 anos de Miguel de Cervantes, essa produção reuniu a bailarina Ivy Amista integrante do balé da Ópera de Munique e o bailarino Denis Piza integrante da escola Heinz-Bosl-Stiftung com um público estimado em três mil pessoas. Nesse mesmo ano externou a montagem do balé “Dom Quixote” para a escola de balé Oficina da Dança em Piracicaba.

Em 2006, ainda em continuidade ao projeto social Palco para Todos, produziu o balé de repertório O Quebra Nozes apresentado em São Paulo.

Em 2007, recebeu moção de aplausos da Câmara de Vereadores de Piracicaba, de autoria do vereador José Aparecido Longatto e na mesma noite foi homenageada com o prêmio Iris Ast pelo reconhecimento dos trabalhos prestados em prol da cultura na cidade Piracicaba. Ainda em 2007, com apoio cultural da prefeitura de Piracicaba, produziu o espetáculo de ballet Gala Internacional de Dança – Um Brinde a Piracicaba, espetáculo que reuniu diversos profissionais que atuam em Companhias brasileiras e internacionais de dança e através de convite da Presidenta do Sindicato dos Profissionais da Dança do estado de São Paulo e do cantor Agnaldo Rayol, participou do quadro Pistolão no Programa do Faustão, como Diretora Artística do Cia. Estável do Elenco Promodança, obtendo o prêmio máximo atribuído pelo programa.

Em Julho de 2008, assumiu o posto de diretora Artística da Cedan (Companhia Estável de Dança de Piracicaba).
Em 2009, por indicação da Secretária da Ação Cultural de Piracicaba, Rosângela Camolese, assume a Direção Artística e curadoria da Semana da Dança de Piracicaba e também a Direção da  Grande Gala de Dança Piracicabana com a presença da bailarina Ana Botafogo e solistas do ballet do Teatro do Rio de Janeiro.

Em 2010, por indicação da Secretária da Ação Cultural de Piracicaba, Rosângela Camolese, assume novamente a Direção Artística e curadoria da Semana da Dança   de Piracicaba, bem como, a Direção Artística do 1º Festival de Dança de Piracicaba – PIRADANÇA.

Ainda em 2010, foi indicada por Maria Pia Finoccio para assumir cargo de diretora do SINDDANÇA – Sindicato dos Profissionais da Dança do estado de São Paulo.

Em 2011, coreografou e dirigiu duas alas para o Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos do Peruche, para apresentação no desfile de carnaval do ano de 2011 no Sambódromo de São Paulo, contando para isso com integrantes da Cedan - Companhia Estável de Dança de Piracicaba, o EDAP - Espaço de Danças e Artes Paulista e uma associação de escolas de dança de Piracicaba. Ainda durante esse ano levou a Cedan - Companhia Estável de Dança de Piracicaba à fase final do Mapa Cultural Paulista representando a região de Campinas e remontou uma suíte do Ballet Quebra-Nozes para apresentação em céu aberto no Engenho Central de Piracicaba como parte do Projeto Luz e Arte.

Em 2012, na direção da CEDAN – Cia. Estável de Dança participou da Virada Cultural em Piracicaba, conquistou o Mapa Cultural de São Paulo, dirigiu os Projetos PiraProDança e PiraDança.

Atualmente é Diretora do Sinddança, Diretora Artística da Cedan (Companhia Estável de Dança de Piracicaba) e a do EDAP (Espaço de Danças e Artes Paulista e Ilusão & Vida Camilla Ballet ME) , onde ministra aulas, prepara professores para o mercado de trabalho e bailarinos para audições e festivais, bem como, é constantemente convidada para integrar comissões julgadoras nos mais importantes festivais de dança no Brasil.

Videografia:

http://www.youtube.com/watch?v=mKvHaE5nZlM

http://www.youtube.com/watch?v=umHs4YuQZ2Y


http://www.youtube.com/my_videos_edit?video_id=yNx6cuuVwlc&ns=1


http://www.youtube.com/watch?v=V7PnGnCcn_U

http://www.youtube.com/my_videos_edit?video_id=LE4aLhePE4Q&ns=1

http://www.youtube.com/my_videos_edit?video_id=ZgLtOmDKrwk&ns=1

http://www.youtube.com/watch?v=fsNesCwMV5M

http://www.youtube.com/watch?v=IGXCoznxxNE

http://www.youtube.com/watch?v=P04hBaw_xu4

http://www.youtube.com/watch?v=OCrEXVh9og0

http://www.youtube.com/watch?v=x7TLQbjaBlM











Links:
http://www.edap.art.br/site

http://www.semac.piracicaba.sp.gov.br/cedan

http://www.piraprodanca.com.br




Por SPCD Pesquisa.

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal

Camilla Pupa l Foto: Acervo Pessoal
Rua Três Rios 363 | 1º andar| Bom Retiro
São Paulo | SP | CEP 01123-001
Tel: +55 11 3224-1380
REALIZAÇÃO:

Website desenvolvido por VAD