Secretaria da Cultura

go!
Cadastro para Jornalistas
Nome:
Email:
Veículo:
Função:
Endereço:
Cidade: Estado: Cep:
Telefone:
Cadastro para Jornalistas


Solicitação de cadastro enviada com sucesso!
Em breve faremos contato.
Comunicação | Olhares
Vorarlberger
maio 2013
Bregenz, ustria
A So Paulo Companhia de Dana est no topo de todas as listas como a melhor companhia de dana da Amrica Latina, mesmo que apenas cinco anos tenham se passado desde a sua criao. Os bailarinos invocaram uma cena que era praticamente inexistente no Brasil h muito tempo.
Gabriele Metsker
abril 2013
Stuttgarter ZTG
Stuttgart, Alemanha
A companhia apresenta uma faceta completamente diferente em Supernova, de Marco Goecke. Irritantes e exatamente na dose certa esto os braos e pernas trmulos, dedos e ps tropeantes. Mas o efeito de deslizar e mal tocar o cho alcanado perfeitamente. Pessoas como se fossem partculas nas quais a energia inesgotvel do universo se manifesta visivelmente. Os aplausos no queriam parar.
Dietholf Zerweck
abril 2013
Ludwigsburger Kreiszeitung
Ludwigsburg, Alemanha
Essencialmente impressionante por ser original e engenhoso foi a apresentao de Gnawa, Nacho Duato, no qual o coregrafo espanhol define a sensualidade e paixo do estilo de vida mediterrneo ao relacion-los com rituais norte-africanos. Totalmente fascinante foi a pea Supernova, de Marco Goecke, na qual os movimentos agitados como os de um inseto e as reaes corporais explosivas fizeram parte da linguagem bizarra e incrivelmente rpida das mos, caractersticas tpicas deste coregrafo.
Tanznetz.de
abril de 2013
Site
Alemanha
Mais uma vez, possvel para o espectador vivenciar frente a frente um corpo visvel, de respirao ofegante, resistente, que se contorce de chorar porque est deformado, mas que forte e que reivindica uma alma. A infncia em um momento de brincadeira e em um momento de medo - que pintada por Goecke em Peekaboo: um quadro impressionante, at ento jamais visto.
Fuldaer, ZTG
abril 2013
Fulda, Alemanha
Mais uma vez, um grupo de dana extraordinrio entusiasmou o pblico do Fulda Ballet: Vindo do Brasil, a So Paulo Companhia de Dana est fazendo uma turn na Alemanha. Fundado em 2008, o jovem elenco, sob a direo artstica de Ins Boga, j conquistou uma considervel reputao internacional nos poucos anos de sua existncia - graas aos diferentes roteiros coreogrficos de sua abertura. Dana clssica e moderna tm o seu lugar no repertrio da Companhia.
Kerstin Hergt
abril de 2013
Hannoverfche Allgemeire
Hanover, Alemanha
Goecke propicia momentos mgicos. E o excelente grupo de bailarinos, formado por jovens brasileiros, mostrou a gama de suas habilidades e tambm fez a sua parte: tanto na pea mais neoclssica Bachiana n 1, de Rodrigo Pederneiras, quanto na mais contempornea Inquieto, uma pea habilmente encenada com crtica social elaborada por Henrique Rodovalho. Aplausos de p para um espetculo de dana fantstico.
Westflische Nachricheten
abril 2013
Munique, Alemanha
Com sua nova coreografia (Peekaboo), Goecke conseguiu criar uma pea divertida, emocionante, que a So Paulo Companhia de Dana fez valer a pena ver
Angela Reinhardt
abril de 2013
Elinger Zeitung
Stuttgart, Alemanha
A atrao principal da noite foi Supernova, de Marco Goecke, certamente um dos melhores trabalhos do coregrafo residente de Stuttgart, interpretado brilhante e flexivelmente pelos brasileiros. A multiplicidade dos novos movimentos que Goecke criou para esta nica pea se diferenciam tanto por sua velocidade hipntica quanto por sua musicalidade esmagadora.
Kerstin Hergt
abril de 2013
Hannoverfche Allgemeire
Hanover, Alemanha
O coregrafo Marco Goecke no pode reclamar de falta de ateno. O nativo de Wuppertal, que visto pelos crticos e fs como um brilhante solitrio da cena alem de dana, s pode ser considerado como realmente bom. Peekaboo, seu trabalho de coreografia mais recente, a melhor prova da afirmao acima: Ele foi o destaque do programa de dana deste ano. Para todos os elencos que ainda se apresentaro em Wolfsburg ser, no mnimo, muito difcil superar esta pea
Andreas Berger
abril 2013
Braunschweiger Zeitug
Wolfsburg, Alemanha
Peekaboo. Uma salva de palmas, assovios e bravos para esta pea, que portadora de uma importncia to distinta e, ao mesmo tempo, realizada a partir da agilidade impecvel, tpica dos brasileiros.
Angela Reinhardt
abril 2013
Elinger Zeitung
Stuttgart, Alemanha
O pblico surpreendeu-se em Ludwigsburger Forum, no Schlosspark: Trata-se da mesma tenso em torno do palco anteriormente trazida Alemanha pelo Nederlands Dans Theater (NDT), pelo Aterballetto ou pela Compania Nacional de Danza nos anos 80, 90. Todas estas grandes companhias de bal moderno europeu tornaram-se um pouco cansativas ou redirecionaram completamente o seu programa. Nesta brecha, uma jovem trupe se fixou em So Paulo, a maior cidade do hemisfrio sul, h apenas cinco anos.
Revista Concerto
maro 2013
Considerada um dos principais grupos do gnero no Brasil, a SPCD ter neste ano, alm do indito programa de fidelizao de pblico, a estreia de seis obras; a segunda edio do ateli de Coregrafos Brasileiros iniciativa que incentiva a produo de compositores nacionais -; e uma turn pela Europa, no primeiro semestre, entre outras atividades.
Fernanda Cirenza
maro 2013
Brasileiros
Desde o ano passado, a companhia tambm administra o Dana em Rede (espcie de "Wikipdia"), site que rene verbetes sobre escolas, obras, artistas e companhia. O bacana desse projeto que qualquer internauta pode incluir um item no site, desde que aceito pelo filtro da SPCD.
Revista Concerto
maro 2013
Considerada um dos principais grupos do gnero no Brasil, a SPCD ter neste ano, alm do indito programa de fidelizao de pblico, a estreia de seis obras; a segunda edio do ateli de Coregrafos Brasileiros – iniciativa que incentiva a produo de compositores nacionais -; e uma turn pela Europa, no primeiro semestre, entre outras atividades.
Ana Carolina Ralston
fevereiro 2013
Revista Marie Claire
Coregrafos jovens em ascenso e aposta em figurinos modernos, irreverentes e nada convencionais fizeram da So Paulo Companhia de Dana uma das instituies mais versteis de sua rea no pas.
Jornal de Piracicaba
fevereiro 2013
Piracicaba, So Paulo
O ano da SPCD acabou de comear e os ingressos para as temporadas do grupo em Wolfsburg, na Alemanha, e de Bregenz, na ustria, nos meses de abril e maio, j esto esgotados.
Maria Eugnia de Menezes
fevereiro 2013
O Estado de S. Paulo
So Paulo
O lanamento de um programa de assinaturas e o anncio da temporada 2013 marcaram os cinco anos da SPCD. Criado em 2008, com a finalidade de ser uma companhia de repertrio, o corpo de baile tem algumas conquistas importantes para exibir. Seu pblico mais que dobrou passou de 19.689 em 2008 para 49.188 no ano passado. Cresceu consideravelmente tambm o nmero de apresentaes, foram 39 em seu ano de estreia e 79 em 2012.
Veja SP
fevereiro 2013
Comemorando cinco anos de existncia, a So Paulo Companhia de Dana ter um ano cheio pela frente. Criada e mantida pelo Governo do Estado de So Paulo, o grupo j trabalha em remontagens e novas criaes internacionais, alm de se preparar para uma turn europeia ainda no primeiro semestre
Revista de Dana
fevereiro 2013
A cidade de Bregenz, na ustria, espera a So Paulo Companhia de Dana, em maio, com os 1.750 ingressos do Bregenzer Frhling, Festspielhaus Bregenz esgotados. a terceira turn pela Europa do grupo, criado e mantido pelo Governo do Estado de So Paulo, em 2008, e j alimenta expectativas: trata-se da primeira estreia fora do Brasil.
O Povo
fevereiro 2013
Por Elisa Parente
A bibliografia da dana brasileira ainda esbarra na escassez de ttulos e na dificuldade de acesso ao material que muitas vezes transmitido pela tradio oral ou guardado em acervos pessoais. Para reverter este cenrio, projetos como o Figuras da Dana, promovido pela So Paulo Companhia de Dana (SPCD), e o Memria Viva – Histrias da Dana do Cear, desenvolvido pelo Curso de Graduao em Dana, da Universidade Federal do Cear (UFC), tm buscado preencher lacuna existente para quem pesquisa o movimento.
Revista de Dana
fevereiro 2013
Com as obras de 2013, a Companhia amarra sua prpria assinatura e histria.
Sculo Dirio
janeiro 2013
Vitria, Esprito Santo
Sob a direo de Ins Boga, o grupo foi criado em 2008 e tem arrematado diversos prmios pelo pas graas qualidade tcnica dos seus bailarinos. Em 2012, sua montagem Bachiana n 1 foi eleita pela revista Veja SP o melhor espetculo de dana do ano
Katia Calsavara
janeiro 2013
Folha de S. Paulo
So Paulo
Com cinco anos de existncia, a So Paulo Companhia de Dana (SPCD), dirigida por Ins Boga, abre sua programao deste ano com a previso de aproximadamente 80 espetculos.
DCI
janeiro 2013
So Paulo
A So Paulo Companhia de Dana (SPCD), criada e mantida pelo Governo do Estado de So Paulo desde a sua fundao em 2008 e dirigida por Ins Boga, comea 2013 com uma temporada de assinaturas, criaes internacionais, remontagens de grandes nomes da dana, a segunda edio do Ateli de Coregrafos Brasileiros, uma turn pela Europa no primeiro semestre, quatro personalidades brasileiras retratadas no projeto Figuras da Dana, uma ferramenta que mapeia a dana do Brasil, a continuidade de todos os projetos e muitas outras novidades.
Ali Hassan Ayache
janeiro 2013
Blog Opera Ballet
So Paulo
So Paulo Companhia de Dana - a melhor trupe de dana do Brasil no para nem em janeiro. A Companhia ataca em diversas frentes, alm das belas coreografias apresentadas nos palcos brasileiros em 2012, agora temos o lanamento de um belo livro (Em Cena).
Marcia Abos
janeiro 2013
O Globo
Rio de Janeiro
Amor, vida e morte so os temas da temporada 2013 da So Paulo Companhia de Dana. A estreia de quatro coreografias inditas e a remontagem de duas obras emblemticas da dana contempornea so os destaques da programao do quinto ano de existncia do grupo paulista.
Loja Ana Botafogo
janeiro - 2013
Me senti de novo no Zurich Ballet, pela intensidade, variedade e riqueza do que se faz ali, um repertrio que j testemunha a grandeza dessa jovem companhia. A SPCD dana Balanchine, Pederneiras, Cranko, Duato, s pra citar alguns poucos. E QUE poucos, no..?! Uma companhia fundada em 2008 e que j tem esse peso s pode merecer todas as atenes, do pblico e dos responsveis por mant-la e estimular cada vez mais seu crescimento." – Por Manoel Francisco, ensaiador da SPCD
Folha de S. Paulo
janeiro 2013
Por Flavia Couto
Depois de tanto aprender sobre a trajetria da dana na Europa, ensinar sobre seus prprios criadores uma tarefa apropriada para a SPCD, companhia oficial do Estado de So Paulo
Folha de S. Paulo
janeiro 2013
Por Flavia Couto
Como um pas mestio, o Brasil tem a multiplicidade na base da formao cultural, e a arte reflete essa condio. O "Figuras da Dana" revela parte dessa riqueza, que pouco contada
O Estado de Minas
janeiro 2013
Belo Horizonte (MG)
A So Paulo Companhia de Dana, criada em 2008, alm de produzir e circular com espetculos inditos, vem investindo numa das reas mais carentes da cultura brasileira: a preservao da memria. Exemplo a ser seguido por outros estados, no apenas na rea da dana
Revista de Dana
dezembro 2012
Diferentemente do extinto Ateli de Coregrafos da Bahia, que existiu no cenrio brasileiro entre 2002 e 2006, a proposta da So Paulo Companhia de Dana no s dar espao criao, mas tambm a de promover a circulao das obras, pelo interior do Estado de So Paulo, diversas capitais e exterior
O Estado de S. Paulo
dezembro 2012
Flvia Guerra
A experincia de reunir novos nomes para criar para a SPCD se revela experincia rica, em que coregrafos e bailarinos se contaminam e criam juntos.
Glamour
dezembro 2012
So Paulo Companhia de Dana est prestes a estrear trs coreografias contemporneas incrveis. Detalhe precioso: os autores so brasileiros! Relacionamentos, desejo e vibrao (...) As palavras resumem a bem mensagem que as trs novas coreografias contemporneas da So Paulo Companhia de Dana (iniciativa exemplar do Estado de SP) querem passar. Elas foram criadas por artistas que saram diretamente do 1 Ateli de Coregrafos Brasileiros para as salas de ensaio da Companhia e se preparam para subir ao palco nos dias 12 e 13 de dezembro, em So Paulo.
Cibele Sastre
outubro 2012
Poa em Cena
Porto Alegre
A Companhia, comprometida com a presentificao de repertrios de coregrafos consagrados nem sempre em circulao pelo Brasil, alm de comprometer-se com o rigor de cada obra e coregrafo, nos mostra a excelncia de um grupo afinado e preciso. Feito no Brasil.
Dirio Oficial
outubro 2012
Maria Lcia Zanelli
Uma das marcas da So Paulo Companhia de Dana (SPCD) a variedade do seu repertrio. Aps a apresentao de In The Middle, Somewhat Elevated, do norte-americano William Forsythe, a companhia envereda para o bal clssico do sculo 19. Dois Grand Pas de Deux clssicos de Marius Petipa: o do Quebra-nozes e Dom Quixote sero apresentados lado a lado na nova obra da companhia, intitulada Dois a Dois.
Jornal de Piracicaba
outubro 2012
frente da So Paulo Companhia de Dana desde o seu surgimento, Ins Boga revelou um novo formato de trabalho em companhias de dana no Brasil. A produo e circulao de espetculos, geralmente a mais importante vertente de atuao de um grupo do segmento, encontra eco em programas educativos e de formao de plateia e tambm aes de registro e memria da dana. s vsperas de completar cinco anos, com nmeros expressivos de atuao eles foram vistos por aproximadamente 250 mil pessoas, fizeram mais de 300 apresentaes, em 50 cidades, e atenderam mais de 45 mil professores e estudantes
Uia Dirio
setembro 2012
Alice Coutinho
No incio do ano tive a oportunidade de conhecer o trabalho dessa nova companhia, e fiquei impressionada com o trabalho srio e criativo que eles desenvolvem. Alm da produo e circulao dos espetculos de dana a companhia aposta tambm em programas educativos para estudantes e professores, um ncleo de memria da dana com produo de documentrios sobre bailarinos e coregrafos importantes na histria da dana no Brasil, e uma rea de publicaes."
Veja So Paulo
setembro 2012
A So Paulo Companhia de Dana, grupo paulista criado em 2008, tem a maior parte de seu repertrio calcado em remontagens estrangeiras. A escolha vale para diversificar as apresentaes com peas de estilos diferentes e tambm, para trazer cidade espetculos de qualidade que talvez nunca passassem por aqui
Roland Clauzet
julho 2012
La Danse
Paris, Frana
Causa-nos admirao ver a segurana e determinao com as quais esta jovem companhia de um pouco menos de cinco anos de idade se elevou na primeirssima fila no panorama coreogrfico do Estado de So Paulo (...) Para chegar a este resultado foi necessrio constituir um grupo slido e capaz de uma grande flexibilidade para se adaptar a estilos muito diferentes. Este grupo amadureceu rapidamente. Considerando cada bailarino em particular, o domnio tcnico e a classe impem sua evidncia.
Hoje em Dia
julho 2012
Miguel Anunciao
Coreografias assinadas pelos mais renomados artistas da dana jamais esto acessveis a companhias de calibre duvidoso. So territrios onde os fracos no tm vez. Portanto, a autorizao para montar uma obra de Balanchine ou Jir Kylin, significa mais que o selo de qualidade que os patrimnios artsticos j possuem. Tambm sinaliza o quilate de quem se propem a ombrear com eles. com todo esse aval que a So Paulo Companhia de Dana volta a Belo Horizonte
Folha de S. Paulo
julho 2012
Clarissa Falbo
O grupo mostra uma coreografia do americano William Forsythe, importante nome da dana mundial e um trabalho do mineiro Rodrigo Pederneiras. Isso comprova a vocao da companhia para apresentar coregrafos atuais com muito rigor.
Ali Hassan Ayache
junho 2012
Blog Opera Ballet
A So Paulo Companhia de Dana mostra mais uma vez estar no caminho certo para sua consolidao como o melhor grupo de dana do Brasil. A excelncia tcnica conseguida em um curto perodo de tempo, excurses para cidades do interior e de outros Estados e o lanamento de diversas coreografias interessantes so fundamentais.
Revista de Dana
maio 2012
Ana K. Rodrigues
O acompanhamento do Naipe de Cellos da Orquestra Sinfnica de So Paulo (Osesp) complementa a bela interpretao dos bailarinos da So Paulo Companhia de Dana na Virada Cultural. A pea inclui um sensual e forte pas de deux dos bailarinos Samuel Kavalerski e Luiza Lopes
Bell Kranz
abril 2012
Elle
Todo espectador deveria ter direito a ver um ensaio do espetculo antes da estreia. O ensaio tambm um show. Como o que acompanhamos da So Paulo Companhia de Dana. Devido proximidade com o bailarino na sala, diferentemente do teatro, voc v o seu suor, respira com ele.
Maria Eugnia de Menezes
abril 2012
O Estado de So Paulo
por Rodrigo Pederneiras, reconhecido coregrafo do Grupo Corpo, Bachiana n1 uma mescla de estticas bastante distintas. Assiste-se ao encontro do pendor clssico da companhia paulista com o estilo de Pederneiras: uma leitura contempornea de formas populares da dana brasileira. Uma brasilidade imediatamente reconhecvel, mas que no resvala nunca no extico ou folclrico.
O Estado de S. Paulo
abril 2012
Maria Eugnia de Menezes
Assinada por Rodrigo Pederneiras, reconhecido coregrafo do Grupo Corpo, Bachiana n1 uma mescla de estticas bastante distintas. Assiste-se ao encontro do pendor clssico da companhia paulista com o estilo de Pederneiras: uma leitura contempornea de formas populares da dana brasileira. Uma brasilidade imediatamente reconhecvel, mas que no resvala nunca no extico ou folclrico
Msica, pera e Ballet
abril 2012
Ali Hassan Ayache
Rodrigo Pederneiras mostrou todo seu talento em Bachiana n1, o competente coregrafo mineiro abusou dos passos sensuais em um longo pas de deux, primorosamente executado pelos bailarinos Luiza Lopes e Samuel Kavalerski. A fora da msica de Villa-Lobos unida a movimentos intensos, muitas vezes rpidos e excitantes, mostram o poder supremo da dana. Luz, figurino e msica se harmonizam em uma grande atmosfera romntica. Grande trabalho
Von Stephanie Torloxten
maro 2012
NGZ
Neuss - Alemanha
A So Paulo Companhia de Dana prova de maneira maravilhosa como o bal moderno pode ser verstil. Alm disso, consegue mostrar em cada pea, para um pblico absolutamente encantado, sua vitalidade, energia e fogo.
SP Notcias
fevereiro 2012
A mxima de que o aeroporto a sada do artista brasileiro no mais verdadeira para os bailarinos profissionais. Com quatro anos de existncia, a So Paulo Companhia de Dana (SPCD), tem atrado jovens talentos brasileiros que estavam no exterior. De quebra, tem levado o artista aonde o povo est e formando plateia.
Estado Online
janeiro 2012
Juliane Freitas
Quem anda pela estao Brs poder contemplar a partir desta tera-feira, 10, algo alm do incessante vai-e-vem de pessoas que circulam pelos trens. Sero 18 imagens de uma exposio organizada pelo Metr de So Paulo e a So Paulo Companhia de dana a tentar cativar a ateno dos passantes
Celi Barbier (correspondente)
dezembro de 2011
Dana Brasil
A notcia da vinda da SPCD a Festspielhaus, nos alegrou muito sabendo que o primeiro passo de uma companhia estrangeira decisivo, e a famosa casa de espetculos que acolhe estrelas e ensembles um carto de visitas dos melhores. (...) O programa inteligente, prpoe quatro obras exigindo interpretaes diversas, com uma Companhia perfeitamente apta faz-lo. Um sucesso estrondoso sustenta nossa opinio. A So Paulo Companhia de Dana caminha a passos largos para um lugar no firmamento das estrelas mundiais
Raquel Paulino
novembro 2011 - Metro
So Paulo – SP
A tradio e a modernidade se encontram na ltima apresentao do ms de novembro da SPCD. O grupo criado pelo Governo do Estado em 2008 leva ao palco do Teatro Bradesco trs obras do seu repertrio. (...) uma das ltimas chances do ano para assistir a uma combinao to singular de coreografias.
Wendy Peron
outubro 2011
Dance Magazine
Nova York, USA
Esta jovem companhia de bal optou por um programa triplo aventureiro. Apenas com trs anos de idade apresentou duas obras que a maioria das companhias de bal no chegaria perto de Nacho Duato trrea Gnawa e tensa Supernova, de Marco Goecke.
Roland Clauzet
setembro 2011
La Danse
Paris, Frana
Sabendo que o Balanchine Trust concede autorizaes apenas para companhias com um nvel tcnico superior, ler o nome de Balanchine no cartaz de um grupo de dana pouco conhecido atrai imediatamente a ateno (...) Este grupo, igualmente vontade no clssico e no moderno, acreditamos poder compar-lo aos bailarinos de Nanette Glushak do Capitole de Toulouse. Mesma tecnicidade, mesma agilidade e elegncia, mesmo esprito de equipe.
Maria Constanza Bertolini
setembro 2011
La Nacion
Buenos Aires - Argentina
Em sua estria em Buenos Aires, a So Paulo Companhia de Dana impressionou o pblico com um excelente programa. A Companhia jovem: somente em 2008 tocaram o sinal para o incio das atividades. Mas em trs anos j fizeram muito. Para comear, selecionaram, treinaram e mantiveram em seu elenco excelentes bailarinos. O passo seguinte foi absorver em seu repertrio obras de coregrafos consagrados, o que enriqueceu o perfil de seu corpo de bailarinos, transformando-os em um elenco de primeira grandeza.
Maria Eugnia de Meneses
agosto 2011
Estado de S. Paulo
So Paulo
Criada em 2008, com pretenso de retornar coreografias do repertrio clssico, a companhia no fugiu a essa sua proposio inicial. Nesses trs anos delineou um percurso que tem os ps fincados na tradio. Nunca deixou, porm, de se aventurar por outros territrios. E flerta, sempre que pode com o contemporneo.
Ali Hassan
agosto 2011
Blog pera Ballet
Tempo, palavra complexa, abstrata e implacvel. Tudo gira em torno dele. Com ele adquirimos sabedoria e maturidade. Com o tempo envelhecemos, aprendemos e, o principal vivemos. Para atingirmos nveis de excelncia em nossa rea precisamos dele. Alguns sabem engan-lo e ludibri-lo, conseguem brincar com a abstrao. A So Paulo Companhia de Dana um dos raros fenmenos que enganaram o tempo, precisaram pouco dele para atingir um nvel de qualidade nica. A apresentao no Teatro Alfa dia 27/08/2011 me deixou com essa impresso.
Veja
agosto 2011
Com um currculo de produes primorosas, a companhia paulistana promete fazer valer o convite para participar da conceituada temporada s Teatro Alfa
Sabine Rahner
julho 2011
Badisches Tagblatt
Baden-Baden - Alemanha
Os jovens sul-americanos, que faziam sua primeira apresentao fora de seu pas poderiam contar com uma plateia receptiva, o que foi confirmado pelo entusiasmo com que o pblico os recebeu. A So Paulo Companhia de Dana foi fundada em 2008 pelo Estado de mesmo nome e representa a dana brasileira, bero de inmeros talentos como a excepcional Marcia Hayde. (...) Essa apresentao na Festspielhaus foi um importante passo na carreira da SPCD. E para o pblico presente foi uma oportunidade nica para se descobrir uma nova companhia de dana.
Nikolaus Schmidt
julho 2011
Badische Neueste Nachrichten
Baden-Baden – Alemanha
Serenade foi representada com passos enrgicos, empolgantes e cheios de vitalidade (...). Polgono, com sombras projetadas, refinadas cenas duplas so representadas e mostram exatamente como Silvestrin procura interpretar a msica de Bach. (...) Com o contemporneo Os Duplos e a msica de marcao forte de Andr Abujamra, Maurcio de Oliveira criou um trabalho que impressiona. (...) Essa apresentao na Festspielhaus foi um importante passo na carreira da SPCD. E para o pblico presente foi uma oportunidade nica para descobrir uma nova companhia de dana.
Caderno+
junho 2011
Botucatu – SP
A sincronia, perfeio e desenvoltura dos danarinos em todas as coreografias, tanto nas modernas, com mais de 10 bailarinos ao mesmo tempo em cena, tanto na clssica com o tradicional casal so quesitos dignos de arrancar suspiros de quem admira o espetculo, e foi exatamente o que aconteceu em Botucatu
Sidney Molina
abril de 2011
Folha de S. Paulo
Assistir a espetculos to diferentes danados na mesma noite pelo mesmo grupo parece mesmo algo inverossmil. Porm a SPCD faz com que esse feito venha cena (...) A SPCD mostra que sua marca a versatilidade. Sem um coregrafo residente, a companhia sustenta o desafio de adaptar-se s propostas dos coregrafos convidados e abranger em seu repertrio montagens de obras clssicas e modernas. possvel um grupo adaptar-se s diversas variaes estilsticas e ao mesmo tempo criar sua prpria marca? Essa questo pode ser uma inquietao, mas o que se v em "Legend" e "Inquieto" a convivncia serena entre o clssico e o contemporneo | Avaliao: timo
Flvia Couto
abril 2011
Folha de S. Paulo
possvel um grupo adaptar-se s diversas variaes estilisticase ao mesmo tempo criar sua prpria marca? Essa questo pode ser uma inquietao, mas o que se v em "Legend" e "Inquieto" a convivncia serena entre o clssico e o contemporneo
Carolina Giovanelli
abril 2011
Veja SP
Theme and Variations, verso atualizada da pea do russo George Balanchine embalada por Tchaikovsky, esbanja impecveis passos clssicos de treze casais. A indita Inquieto, de Henrique Rodovalho, vem por ltimo. Movimentos de dana contempornea mostram fora em meio a um cenrio composto por um emaranhado de fios
Revista Veja SP
maro 2011
Ver os 41 bailarinos de uma das maiores companhias paulistana em cena quase sempre garantia de bom programa. No sbado (26), quando a So Paulo Companhia de Dana estreia duas coreografias e retoma uma montagem de 2010 no teatro do Sesc Pinheiros, isso deve se repetir
Rafael Braz
fevereiro 2011
Jornal A Gazeta
Vitria – ES
Normalmente carente de grandes espetculos de bal e dana em geral, Vitria recebe a partir da sexta-feira uma das mais ativas e respeitadas companhias de dana do pas, a So Paulo Companhia de Dana.
TV Unio
fevereiro 2011 |Belm – PA
com um trabalho voltado para aes de educao e formao de novas platias, que a SPCD ela vem obtendo seus melhores resultados sociais. Um deles o programa "Espetculo Aberto para Estudantes", que abre as cortinas da dana para alunos de escolas pblicas, que tm a oportunidade de conhecer de perto o processo de criao e montagem de espetculos. O programa educativo, assim como outros da companhia, j beneficiou aproximadamente 30 mil pessoas, entre educadores, alunos e bailarinos, em 42 cidades e agora chega a Belm, dentro da programao do XI Encontro Internacional de Dana da Par (Eidap) com a participao de 550 bailarinos, professores e alunos de escolas pblicas.
Rua Três Rios 363 | 1º andar| Bom Retiro
São Paulo | SP | CEP 01123-001
Tel: +55 11 3224-1380
REALIZAÇÃO:

Website desenvolvido por VAD