Beth Oliosi

  • Categoria: Profissionais da dança
  • País: Brasil
  • UF: RS
  • Cidade: Porto Alegre
  • Atividade: Professora
  • Data de nascimento: 29/10/1946

Conteúdo

Bailarina de formação clássica, iniciou seus estudos com a mestra Marila Gremo, e os professores Reginaldo Vaz e Consuelo Rios.

Cursou a Escola de Dança Clássica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, atual Escola Estadual de Dança Maria Olenewa.

Seus conhecimentos de Jazz e e de Dança Moderna foram adquiridos em aulas e trabalhos com os coreógrafos: Juan Carlo Berardi, Lennie Dale, Luciani Luciani e Gilberto Motta.

Links











(Liana Vasconcelos | SPCD Pesquisa) 331

Trabalhos

1967 – ano decisivo para sua carreira – Participa com a Associação de Ballet do Rio de Janeiro, sob a direção de Dalal Achar, da temporada realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, que teve como convidados Dame Margot Fonteyn e Rudolf Nureiev.
Levada por Consuelo Rios para um teste com o professor e coreógrafo americano Arthur Mitchell e Gloria Contreras (que formavam a Companhia Nacional de Ballet), foi aceita, participando da temporada inicial, que inaugurava o Teatro Castro Alves em Salvador e se encerrava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
No mesmo ano é aprovada em concurso e passa a integrar o Corpo de Baile do Theatro Municipal Rio de Janeiro.
Ainda em 1967 é criado o Corpo de Baile da TV Globo (hoje: Rede Globo de Televisão). Convidada pelo coreógrafo Juan Carlo Berardi, passa a fazer parte do elenco.

1968 – Dança no Teatro Trindade de Lisboa - em um “Espetáculo de Gala” junto as estrelas do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob o comando da então diretora do Corpo de Baile Helba Nogueira.

1969 - Participa da Companhia Brasileira de Ballet, criada por iniciativa do armador Paulo Ferraz, tendo na direção artística Gianni Ratto e Fernando Pamplona. Como coreógrafos: Tatiana Leskova, Eugenia Feodorova, Denis Gray, David Dupré e, em sua segunda fase Arthur Mitchell.

1970 - Excursiona pela America Latina, como solista, com o Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro(TMRJ). Já no Brasil o grupo se apresenta em vários estados.

1971 - Sob a direção e coreografia de Johnny Franklin, participa da ópera “O Guarani”, encenada no Teatro S.Carlos de Napoli – Itália.
Com a Orquestra Sinfônica Brasileira participa junto ao Corpo de Baile do TMRJ, da apresentação de Rudolf Nureyev e das bailarinas Olga Ferri, Violeta Janeiro e Lídia Segui.

1973 – Temporada oficial de ballet do TMRJ tendo à frente como convidado, o coreógrafo George Skibine que remonta para o Corpo de Baile os balés: Pássaro de Fogo, Daphnis et Chloé e Les Noces.

1974 – Sob a direção do ator Sergio Brito, participa da montagem da ópera La Traviata, tendo Nelly Laport como responsável pelo trabalho de expressão corporal.
Durante os anos seguintes seguiu participando de todas as temporadas do TMRJ, ao mesmo tempo que atuava na Rede Globo de Televisão. São deste período os programas: Oh! Que Delicia de Show, Faça Humor não Faça a Guerra, Alô Brasil Aquele Abraço, Festival da Canção, Chico City, Brasil Pandeiro, Arca de Noé, Elis Regina, Fantástico.

Em 1983 passa a ocupar o cargo – Supervisora de Balé da Rede Globo de Televisão. Ocupa-se então em convidar e expandir os horizontes de coreógrafos e bailarinos emergentes, estreitando também os laços entre a linha de show e a dramaturgia. Surgem os grandes eventos, programas especiais que saem dos estúdios de gravação para as arenas dos grandes estádios: Simone, Gal Costa, Roberto Carlos, Criança Esperança e as mini - séries: AEIO Urca, Agosto, Maria Moura, Engraçadinha e muitos outros.
O “Ballet Elizabeth Oliosi” criado em parceria com a coreógrafa Diana Tomasetig, traz para os palcos o grupo televisivo por ela impulsionado, com boa repercussão de público e crítica. O grupo representa o Brasil no II Concurso Latino Americano de Ballet e Coreografia.

1987 - Ê convidada pela diretora Tania Granado a pertencer ao quadro docente da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa.
Conselheira do “Ballet Jovem Eleonóra Oliosi” – companhia fundada por sua irmã em São José dos Campos, São Paulo. Participa a partir de 1989 de todas as montagens dos espetáculos clássicos realizados pelo grupo no Vale do Paraíba.

1993 - Ê agraciada com a medalha “Mérito da Dança”, concedida pelo CBDD(Conselho Brasileiro da Dança), órgão pertencente ao Conséil Internacionel de La Danse, vinculado a UNESCO.
Por convite dos seus fundadores, Regina Sauer e Fernando Filleto, passa em 1998 a fazer parte da direção artística do Centro de Arte Nós da Dança, cargo que ocupa durante um período de oito anos.

1999 - Após 32 anos de serviço, decide aposentar-se do seu trabalho junto a Rede Globo. Apesar de continuar trabalhando como free-lancer, atuando como supervisora na campanha e show do programa “Criança Esperança” até o ano de 2010.

2008 - Conclui o Curso de Licenciatura Plena em Dança pela UNIVERCIDADE – RJ.
Atualmente sob a direção de Maria Luisa Noronha, continua exercendo o cargo de professora da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa. Ministrando aulas de “Comportamento e Atitude Profissional na Dança”, além de desenvolver em parceria com o professor e historiador Paulo Melgaço, séries de exposições e documentários, sendo também responsável pelo cerimonial anual de formatura.


Exposições realizadas:

Personalidades da Dança

-Denis Gray
-Wolfang Amadeus Mozart
-Sir Frederick Ashton
- George Balanchine
- Heitor Villa Lobos
- Frédéric Chopin

Entidades

-80 anos -Escola Estadual de Dança Maria Olenewa
-Curadoria da Exposição – 25 anos do Sindicato dos Profissionais de Dança do Rio de Janeiro


Documentários em DVD

-75 anos Escola Estadual de Dança Maria Olenewa
- Denis Gray – Nosso mestre
-Noêmia Edelman Homenagem
- Jacy Jambay- Homenagem
- Alan Leroy -Homenagem
-Maria Luisa Noronha – 20 na Direção da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa
-A vida e a Arte de Eleonóra Oliosi

Palestras

-A Dança na TV Brasileira
-Brasil e Rússia - Semelhanças de Um Povo
X