Didi Pedone

  • Categoria: Profissionais da dança
  • País: Brasil
  • UF: RS
  • Cidade: Porto Alegre
  • Atividade: Bailarina
  • Atividade: Professora

Conteúdo

Diretora do Grupo Experimento Fluxo, coreógrafa, bailarina, professora de dança contemporânea e pesquisadora do movimento, graduada em Educação Física pela UFRGS e instrutora do Método Pilates, professora do sistema de movimentos The Axis Syllabus - Universal Motor Principles. Atualmente, tem coordenando anualmente as vindas do professor Frey Faust ao Brasil, para a realização de cursos de Axis Syllabus em Porto Alegre.
Desde 2012 passou a coordenar a Casa Cultural Tony Pethzold com sua colega Thais Pethzold.

Premiações:
Prêmio Quero-Quero 2006 de Melhor Bailarina para Didi Pedone.

Links

Blog da Artista:
http://didipedone.wordpress.com/" 362

Videografia

Vídeo de divulgação do espetáculo Eros+Psiquê:
http://vimeo.com/28056677"

Trabalhos

Coreografias:

Metamorfose, 2006
Coreografia inspirada no universo mitológico de Psiquê, como o ciclo da vida de uma borboleta.

Espetáculos:

A Elas, 2006
Espetáculo de dança voltado para o universo feminino.

Eros+psiquê, 2011

Eros+Psique é uma pesquisa coreográfica realizada sobre as relações entre as figuras mitológicas de Eros e Psiquê. Iniciada em 2006, pela bailarina Didi Pedone, inicialmente denominava-se Metamorfose e se inspirava somente no universo de Psiquê e suas transmutações – como o ciclo de vida de uma borboleta. Nesta nova proposta, deixa de ser uma busca particular para ser uma troca, e assim o trabalho avança rumo a novos caminhos. Entram em cena o bailarino Willian Freitas e os músicos Carina Levitan, Flávio Aquino e Leonardo Brawl – todos artistas independentes que decidiram se unir para dar vida a essa obra. Entre pausa e movimento, som e silêncio, feminino e masculino, divino e humano os artistas dançam, tocam e criam novas interpretações poéticas do mito. Na mitologia, Eros personifica o amor e Psique a alma. O Deus Eros, ao conhecer Psiquê, se apaixona profundamente por ela, trazendo para a humanidade a promessa de que o amor, ao entregar-se plenamente à alma, tem como resultado a recuperação do sopro de vida. A personagem Psiquê foi a primeira mortal a se relacionar intimamente com um deus que conseguiu sobreviver, se transformar, e ainda transmutar a própria divindade.

Didi Pedone realizou alguns trabalhos com a Muovere Cia. de Dança participando de alguns espetáculos como Re-sintos(2008) e Desvio (2012).
X