Epiderme

  • Categoria: Coreografias
  • País: Brasil
  • Cidade: São Paulo
  • Ano: 2015
  • Grupos: São Paulo Companhia de Dança
  • Autores: Binho Pacheco

Conteúdo

Bailarino e coreógrafo, Binho Pacheco iniciou seus estudos em dança aos 16 anos na Escola de Balé do Teatro Castro Alves. Já integrou o elenco da Especial Academia de Ballet, da Companhia Brasileira de Ballet, da Companhia de Danças Clássicas e da São Paulo Companhia de Dança. Sinais de Luz (2010), Idílio (2011) e Concerto de Outono, peça remontada pela Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa em 2014 e lhe rendeu o prêmio de coreógrafo revelação no 31° Festival de Dança de Joinville, estão entre as suas criações.

Links

<;a href=http://www.spcd.com.br/criacoes.php">

Sinopse

“Epiderme” é a mais nova criação de Binho Pacheco para o Ateliê de Coreógrafos Brasileiros da São Paulo Companhia de Dança. A obra explora as fronteiras entre o interior e exterior do ser humano, tendo a pele como objeto de reflexão. “Parto de um olhar científico, de camadas, órgãos e terminações nervosas, para um mundo de sensações latentes, em que o público é envolvido pelos acordes de Bach e por uma coreografia jovem e provocante, que ao mesmo tempo conecta e separa esses universos”, fala o coreógrafo. Os bailarinos aparecem em situações de constante desafio, buscando maneiras de reencontrar o equilíbrio e as formas, que se desfazem à cada instante e no contato entre essas peles que, ora se atraem com suavidade e delicadeza, ora se repelem com violência.
X