Dança em Rede

A Dança de Clarice

  • Categoria: Coreografias
  • País de origem: Brasil
  • Cidade de origem: Fortaleza
  • Ano de criação: 1999
  • Duração: 0Andreá Bardawil é coreógrafa formada pelo Colégio de Dança do Ceará. Foi uma das selecionadas no projeto Rumos Itaú Cultural Dança (2000), com o trabalho Do que se pode dizer…, e ganhou a Bolsa Vitae de Artes (2000), com o projeto O Tempo da Delicadeza. Foi coordenadora do Núcleo de Dança do Alpendre e do Curso Técnico em Dança, realizado pelo Senac, Secult e Centro Cultural Dragão do Mar. Ê coordenadora pedagógica da Bienal Internacional de Dança do Ceará.
  • Grupos de estreia: Companhia de Arte Andanças
  • Autores: Andréa Bardawil

Histórico

Espetáculo livremente inspirado no livro “Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres”, de Clarice Lispector. A peça é assinada pela coreógrafa da Companhia da Arte Andanças, Andréa Bardawil, e o trabalho foi especialmente criado e estreado quando Andréa era aluna do Colégio de Dança do Ceará. Nas palavras de Andréa Bardawil, o trabalho fala de delicadeza, de duas pessoas, se aproximando uma da outra. Ou de duas pessoas se aproximando de si mesmas. Ou, ainda, de duas pessoas se aproximando uma da outra e de si mesmas". O espetáculo também fala das imagens "que construímos de nós (e acreditamos). Das imagens que construímos dos outros (e não acreditamos). Ou vice-versa. E fala de silêncios". O trabalho era formado por Milton Paulo, Janahina Santos, Isabel Botelho e Evaldo Silva. “Aprender de si, como se aprende uma dança: lançando-se no espaço, o corpo esculpindo o ar. Aprender do outro, como se aprende uma dança: lançando-se no espaço. Os corpos esculpindo o ar, o mar. Aprendendo os espaços como quem aprende uma dança. Aprendendo uma dança como quando se aprende a amar”, dizia o cartaz de divulgação da peça. Ficha técnica: Concepção e coreografa: Andréa Bardawil Assistente de coreografia: Milton Paulo Figurino: Odysseia e Ruth Aragão Iluminação: Paulo Cesar Medeiros Operação de Luz: Carlos Benevides Elenco: Milton Paulo, Isabel Botelho, Janahina Santos e Evaldo Silva Fotos: Tibico Brasil Trilha Sonora: Chet Baker e Nina Simone Poema inicial: Gianluca Manzir"  

Sinopse

Andreá Bardawil é coreógrafa formada pelo Colégio de Dança do Ceará. Foi uma das selecionadas no projeto Rumos Itaú Cultural Dança (2000), com o trabalho Do que se pode dizer…, e ganhou a Bolsa Vitae de Artes (2000), com o projeto O Tempo da Delicadeza. Foi coordenadora do Núcleo de Dança do Alpendre e do Curso Técnico em Dança, realizado pelo Senac, Secult e Centro Cultural Dragão do Mar. Ê coordenadora pedagógica da Bienal Internacional de Dança do Ceará.

Bibliografia

GADELHA, Rosa Cristina Primo. A Dança Possível: as Ligações do Corpo Numa Cena. / Rosa Cristina Primo Gadelha. – Fortalza: Expressão Gráfica e Editora Ltda., 2006.

X