Dança em Rede

Les Noces

  • Categoria: Coreografias
  • País de origem: França
  • Cidade de origem: Paris
  • Ano de criação: 1923
  • Duração: 23
  • Grupos de estreia: The Ballets Russes
  • Autores: Bronislava Nijinska
  • Remontagens: - Oakland Ballet Company
    - Les Grands Ballets Canadiens
    - Compañía Nacional de Danza (Cuba)
    - Royal Ballet (Inglaterra)
    - Wiener Staatsoper
    - The Kirov Ballet (Mariinsky)
    - Dance Theater of Harlem
    - Joffrey Ballet
    - Balé do Teatro Municipal do Rio de Janeiro
    - São Paulo Companhia de Dança

Histórico

Bronislava Nijinska (1891-1972), filha de bailarinos e irmã de Vaslav Nijinsky (1889-1950), ingressou aos 9 anos na Escola Imperial em São Petersburgo e formou-se com as mais altas honras em 1908, aos 17 anos, um ano mais cedo do que a idade habitual. Após sua formatura, Nijinska tornou-se membro do Maryinsky. Entrou para os Balés Russos de Diaghilev em 1911. Aos 32 anos começou a coreografar para o balé. Criou balés para a Ópera de Paris, o Teatro Colon de Buenos Aires, a Companhia de Ida Rubinstein, os Balés Russos de Monte Carlo, a Companhia de Anna Pavlova e o American Ballet Theatre.

Sinopse

Neste balé de 1924, Nijinska, uma das maiores coreógrafas de todos os tempos, criou uma cerimônia de casamento entre camponeses da antiga Rússia. O tema aparentemente comum foi o ponto de partida para esta obra que se consagrou como um marco na inovação artística. São quatro movimentos em que Nijinska mostra a preparação e o enlace dos noivos, que se conhecem apenas no dia do matrimônio.

Nijinska vislumbrou um teor dramático nas cerimônias de casamento daquela época, no destino da noiva e do noivo, uma vez que a escolha do par era feita pelos pais. A jovem não sabia nada sobre sua futura família nem sobre o que a esperava. Ela não só deveria ser submissa ao marido, como também aos pais dele. Por sua vez, o jovem noivo também não poderia imaginar o que a vida lhe reservava ao lado da moça que pouco conhecia.

Parte da inovação desta obra está na sua composição: não há papel principal, os integrantes se fundem como um todo através do movimento. O conjunto dá voz às personagens, aos acontecimentos. A noiva e suas jovens amigas estão ligadas pela mesma expressão. Os rapazes se movimentam ao lado do noivo. Os pais, no palco, constituem detalhes em segundo plano. Na festa de casamento, a ação é representada coreograficamente pelo poder da massa.

Ê dessa forma que Nijinska lança um novo olhar sobre a tradição da dança clássica, ao fazer do coro a personagem principal. A tensão dos movimentos está na força, na minuciosa execução e na energia de tantos bailarinos em cena.



X