Dança em Rede

Popping

  • Categoria: Estilos de danças
  • País de origem: EUA

Histórico

Foto de popping de Thiago Miranda no Pexels

Foto de popping de Thiago Miranda no Pexels
 
popping é mais uma das danças urbanas que compõem a cultura hip hop. Também considerada precursora (old school como se falava antigamente), serve de base para os dançarinos de hip hop de todo o mundo. O popping surgiu no início dos anos 1970 em uma pequena cidade americana chamada Fresno, na Califórnia. Seu criador foi Boogaloo Sam que logo mais formaria um grupo chamado Electric Boogaloo. popping é a evolução de uma dança antiga, o robot (que era apenas a cópia dos movimentos mecânicos de um robô), misturada com a técnica de boogaloo, desenvolvida por seus precursores a partir de James Brown.

Entretanto, essa dança ficou muito mais complexa, pois, não é tão fria como o robot, pois executa os movimentos com mais engajamento muscular, apropriando-se de diferentes técnicas de ilusão, mímica, clown (palhaço), desenhos animados (puppet) e dança indiana. O popping também foi inspirado por passos usados pelo cantor James Brown que ele mesmo chamava de boogaloo (fazendo ondas pelo corpo). Boogaloo Sam eletrificou o robot e somou ao boogaloo de James Brown.

Do popping também surgiram outras técnicas como o sliding (deslizar) e o waving (movimentos de onda pelo corpo) que alguns pesquisadores consideram danças específicas, enquanto outros identificam como diferentes recursos para se dançar o popping, Um passo muito conhecido e usado por Michael Jackson, originalmente back-slide (deslizar para trás), ficou conhecido mundialmente como moonwalk que, na verdade, é quando se desliza para frente.

Boogaloo Sam era irmão de Poppin’ Pete que atuou no filme Break Dance e no clipe Beat it, de Michael Jackson, entre outros dançarinos que formavam o grupo Eletric Boogaloo. Apesar de ser criado em Fresno, muitas cidades da região como Backersfield, Sacramento e Compton, desenvolveram seu estilo e passos próprios no popping. Isso ajudou a desenvolver a dança mais ainda.

Grandes dançarinos da segunda geração como Boogaloo Shrimp e Poppin’ Taco (ambos do filme Break Dance) ficaram conhecidos no mundo inteiro por causa de suas inovações no popping. Muitos dançarinos da primeira geração como Poppin Pete, Skeeter Rabbit continuam na ativa até hoje e viajam o mundo passando para as próximas gerações a verdadeira essência do popping

É importante ressaltar que não existe o estilo breakdance, sendo que esse era apenas o nome do filme que levou ao mundo o conhecimento do popping e do breaking, que são danças diferentes dentro da cultura hip hop.

Bibliografia

(Igor Gasparini | Pesquisa SPCD)

Referências

https://en.wikipedia.org/wiki/Breakin'_2:_Electric_Boogaloo

Discípulos do Ritmo / 20 anos
São Paulo / 2019 / Duração: 46 minutos / Direção - Renan Torres /
https://www.youtube.com/watch?v=fNALE9kx1yo&feature=youtu.be

X