Boa Noite Cinderela

  • Categoria: Coreografias
  • País: Brasil
  • Cidade: Juazeiro do Norte
  • Ano: 2012
  • Grupos: Alysson Amâncio Companhia de Dança
  • Autores: Adriano Modesto, Alyne Souza, Faeina Jorge, Kelyenne Maia, Luciana Araujo, Lucivânia Lima, Michele Santos e Rosilene Diniz

Conteúdo

A Alysson Amancio Cia. de Dança busca desenvolver, desde 2006, pesquisas de novas linguagens coreográficas contemporâneas no Cariri, interior sul do Ceará. Em sua trajetória, foi contemplada com editais de incentivo às artes e participou de importantes eventos de dança pelo País. Junto à Associação Dança Cariri, a companhia desenvolve trabalhos e ações que fomentam pesquisa, criação, formação profissional e a circulação da dança na região.

Videografia

Teaser de Boa Noite Cinderela:
http://www.youtube.com/watch?v=vu9BDirsQbI

Cenas de Boa Noite Cinderela:
http://www.youtube.com/watch?v=2L98JPzltYU"

Sinopse

O espetáculo Boa Noite Cinderela, da Alysson Amâncio Companhia de Dança estreou em maio de 2012, no Teatro Patativa do Assaré, em Juazeiro do Norte, Ceará.

A produção, criada pelos intérpretes-criadores da companhia, busca refletir comportamentos como desprezos, falsidades, traições, decepções, que desfazem os mitos de fantasia criados quando somos crianças.

Vencedor do Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna 2012, Boa Noite Cinderela foi agraciado ainda com o Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro 2010, na categoria Programação de Espaços Cênicos, da Funarte/Ministério da Cultura. Em projeto de circulação, o espetáculo foi encenado em uma série de cidades brasileiras, entre elas Macapá, Belém, São Luíz, Terezina, Natal, Campina Grande, Maceió, Recife e Salvador.

"Somos criados para acreditar no sonho, no príncipe encantado, no mundo perfeito, no final feliz. Com o andar da carruagem vamos, paulatinamente, nos afastando da doçura e ingenuidade dos contos de fadas e sendo devorados pelas brutalidades cotidianas. Percebemos que a vida é dura e para sobreviver é preciso também enrijecer-se. Desprezos, falsidades, traições, crimes bárbaros. Cada vez mais nos decepcionamos com o mau-caratismo de alguns seres humanos. Por onde anda o amor, a amizade e a delicadeza na contemporaneidade?"apresenta texto do espetáculo.

FICHA TÊCNICA:
Direção, dramaturgia e coreografia: Alysson Amâncio
Interpretes-criadores: Adriano Modesto, Alyne Souza, Faeina Jorge, Kelyenne Maia, Luciana Araujo, Lucivânia Lima, Michele Santos e Rosilene Diniz
Pesquisa musical, cabelo e maquiagem: Alyne Sousa e Alysson Amâncio
Figurino: Ariane Morais
Ensaiadora: Luciana Araújo
Iluminação: Luiz Renato
Assistente de iluminação e operação de luz: Raimundo Lopes
Assessoria teatral: Duilio Cunha
Arte: Jota Junior
Produção: Jota Junior, Luciany Maria, Nilo Junior
Fotografia: Diego Linard "
X