Carolina Zanforlin

  • Categoria: Profissionais da dança
  • País: Brasil
  • UF: SP
  • Cidade: São Paulo
  • Atividade: atriz
  • Atividade: Bailarina
  • Atividade: preparadora corporal
  • Atividade: Professora
  • Data de nascimento: 21/01/1985

Conteúdo

Formada em Comunicação das Artes do Corpo pela PUC-SP. Iniciou seus estududos em 1992 em Ballet Clássico. Em 1996 comeca a aprender flamenco com a bailarina Priscila Assuar. Posteriormente trabalha com Eduardo Ramirez e se aperfeiçoa com uma das pioneiras do flamenco no Brasil, Angela Menta. Em sua escola teve suas primeiras experiências profissionais, com aulas regulares, exercendo papel de ensaiadora e ministrando cursos de 2002 a 2004. Em 2005 e 2006 passa a dar aulas regulares na Associação Cultual Cuadra Flamenca, fazendo parte do grupo e atuando em diferentes espetáculos em São Paulo.

Paralelamente à sua carreira na danca, estudou teatro durante 8 anos com o diretor Moises Miastkowiski, atuando em diferentes espetáculos, além de trabalhar com preparadora corporal em algumas montagens.

Entre 2004 e 2006, com objetivo de se profissionalizar, viaja a Madri onde estuda com grandes nomes do mundo flamenco, tais como: La Truco, Cristobal Reyes, Paco Romero, Manuel Reyes, Mari Paz Lucena, Juan Andres Maya, Mercedes Ruiz, Chiqui de Jerez, Marco Flores, Belen Maya, Maria Juncal, entre outros. No Brasil, participa de workshops internacionais de Rafaela Carrasco,de Manuel Linan, de Mercedes Ruiz e de Antonio Canales.

Em 2008 entra para companhia da bailarina espanhola Mari Paz Lucena, com a qual participa do Festival Suma Flamenca em Madri. Neste mesmo ano é convidada para participar da companhia da bailarina espanhola La Truco e da montagem do espetáculo “Cinco Puntales” que ficou em cartaz no Brasil durante o Festival Internacional de Flamenco de São José dos Campos, em 2008. Ainda na Espanha, dança em tablaos como Espacio Flamenco Mari Paz Lucena e Canasteros (que a Manolo Caracol), além de ministrar aulas regulares no espaço Fusion Art da bailarina Patrícia Passo, conceitualizando o flamenco como manifestação corporal e buscando estudar a intenção de cada movimento. Além de ser professora substituta das aulas de La Truco no Centro de Danza Espanhola Amor de Dios.

Em dezembro de 2009, Carolina volta para o Brasil para divulgar e ensinar sua pesquisa na dança que teve como base o curso de Artes do Corpo e que se desenvolveu por meio do flamenco nestes três anos na Espanha. Atualmente, Carolina é preparadora corporal de projetos teatrais e ministra aulas regulares de flamenco Estúdio Ale Kalaf.

Em 2013 estreia seu espetáculo Toro Negro" contemplado pelo programa de ação cultural do Estado de São Paulo (Proac) e inspirado no texto “Espanha”, escrito por Clarice Lispector nos anos 70."

Links

Por Luiza Libardi | Pesquisa SPCD 204

Bibliografia

http://www1.folha.uol.com.br/revista/rf2809200816.htm

http://flamencobrasil.com.br/2013/04/espetaculo-toro-negro-une-flamenco-a-literatura-de-clarice-lispector/

Carolina Zanforlin entrevista a bailarina espanhola Maria Juncal - http://flamencobrasil.com.br/2011/08/entrevista-com-maria-juncal/

http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/2013-04-04/clarice-lispetor-inspira-toro-negro-espetaculo-inedito-de-danca-flamenca.html

http://epocasaopaulo.globo.com/cultura/viver-amar-e-morrer/

Videografia

http://www.youtube.com/watch?v=Hx_CJyw5PsY

https://vimeo.com/55535765

https://vimeo.com/55047079

Trabalhos

Toro Negro, espetáculo de dança com direção geral de Débora Dubois e trilha sonora original de Fernando de La Rua (2013, São Paulo)

"O Silêncio Em Apuros", peça teatral com direção geral: de Débora Dubois e direção musical de Carlos Bauzys (2011, São Paulo)

“Cinco Puntales”, espetáculo de dança com direção e coreografia de La Truco (2008, São José dos Campos)"
X