Solange Borelli

  • Categoria: Profissionais da dança
  • País: Brasil
  • UF: SP
  • Cidade: Santo André
  • Atividade: Gestora
  • Atividade: produtora cultural

Conteúdo

Iniciou nas artes cênicas aos 16 anos ao participar de um musical infantil no Teatro Nydia Lycia, em São Paulo. O ano era 1976. A experiência teatral, que se prolongou por quatro anos, a fez despertar interesse por questões de corpo e movimento. Com isso, aproximou-se da dança.

Estudou balé clássico com Toshie Kobayashie, dança moderna com Victor Aukstin e ampliou o repertório de conhecimentos na área com Klauss Vianna (1928-1992), Jane Blauth (1937-2012) e Edson Claro (1949-2013), entre outros profissionais da cena paulistana. Passou ainda pela Escola Municipal de Bailados e obteve graduações pelo Método Royal Academy of Dancing.

O foco nesse meio a fez também buscar formação acadêmica em nível superior em áreas correlatas. Formou-se em Educação Física pelas Faculdades Integradas de Santo André (Fefisa) e especializou-se em Dança-Educação na Universidade do Grande ABC (UNIABC).

A formação a levou a abrir um estúdio de dança próprio na cidade de Santo André, em São Paulo, que permaneceu ativo de 1980 a 1996. Durante esse período, além de administrar e dar aulas no espaço, batizado de Danças e Ginástica Solange Borelli, ela atuou ainda como professora de dança, bailarina e coreógrafa para diversos espaços e projetos culturais e, posteriormente, dirigiu núcleos de dança.

Em 1996, a convite da Secretaria de Cultura de Santo André, desenvolveu um projeto em dança que a fez descobrir a área de produção cultural. A relação dela com o meio se aprofundou no ano 2000, quando aceitou o cargo de coordenadora de dança do município de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, onde ajudou a implantar o projeto artístico-pedagógico da Escola Municipal de Dança, entre outras atividades.

Nesse momento, Solange se dividia entre o trabalho de produtora de companhias de dança e de teatro e as aulas que ministrava como professora universitária na UNIABC e Universidade Camilo Castelo Branco (Unicastelo). De 1997 a 2006, ela comandou disciplinas como Manifestações Culturais, Atividades Rítmicas e Expressivas, Metodologia do Ensino das Artes e Didática.

Em 2004, deixou a coordenação em Ribeirão Pires e titulou-se mestre em Artes Corporais pela Universidade de Campinas (UNICAMP). Nesse mesmo ano, passou a produzir a Cia. Borelli de Dança, dirigida por seu irmão Sandro Borelli.

Entre 2007 e 2008, coordenou uma equipe do Núcleo Vocacional/Projeto Dança Vocacional, da Secretaria Municipal de Cultura de Sâo Paulo, e atuou como artista-orientadora em dança dentro desse projeto.

Também em 2007 criou sua própria produtora, a Radar Projetos e Produção Cultural, focada em companhias de dança e teatro. A lista de grupos já atendidos por ela inclui Núcleo Luís Ferron, Núcleo Marcos Moraes, Cia. Danças e Cia. Sansacroma, entre outros.

Além de se dedicar hoje de forma integral à produção, Solange coordena cursos e palestras sobre produção cultural, política cultural, elaboração e formatação de projetos culturais.
X