Dança em Rede

Curitiba Cia de Dança

  • Categoria: Companhias Profissionais
  • País de origem: Brasil
  • UF de origem: PR
  • Cidade de origem: Curitiba
  • Ano de criação: 2013
  • Responsável: Nicole Vanoni
  • Responsável cargo: Diretora Geral / Artística
  • Telefone: 41 3528-2002
  • Endereco: Rua Padre Agostinho, 400
  • Bairro: Mercês
  • E-mail: contato@curitibaciadedanca.com.br

Histórico

 

Curitiba Cia de Dança em "A Lenda das Cataratas" | Foto: Cayo Vieira

           

HISTÓRIA

A Curitiba Cia de Dança foi criada em 2013 por Nicole Vanoni e um grupo de artistas de origem e experiências diferenciadas, que se aglutinam ao redor da ideia de experimentação, pesquisa e criação em dança contemporânea e, na diversidade de experiências com coreógrafos diferentes. A primeira obra coreográfica da Cia, “A Lenda das Cataratas “, com concepção de Rafael Zago, surgiu em 2014 e participou de festivais no Brasil e no exterior. A segunda coreografia, denominada “Quando se Calam os Anjos” tem coreografia de Airton Rodrigues e transporta para o palco questões cênicas e dramatúrgicas que realçam um universo pós-moderno virtual onde vários encontros são marcados pelo descaso do outro ou até mesmo pela falência do ser humano. Estreando no segundo semestre de 2017, “Memória de Brinquedo “, uma vitoriosa parceria entre a Cia e o renomado coreógrafo brasileiro Luiz Fernando Bongiovanni, vem mais uma vez retratar as preocupações e provocar o espectador em relação ao mundo moderno e tecnológico. No segundo semestre de 2018, o grupo estreou o espetáculo “Cirandas “, baseado nas cirandas e cirandinha de Villa-Lobos. Para o final do mesmo ano, a Curitiba Cia de Dança estreou seu mais novo espetáculo denominado “Relações” do coreógrafo carioca, Carlos Laerte. No primeiro semestre, a Companhia prepara uma circulação por 12 cidades do Paraná com o espetáculo “Lenda das Cataratas “.

Trabalhos

– 2014: “A Lenda das Cataratas”, de Rafael Zago
– 2015: “Quando se Calam os Anjos”, de Airton Rodrigues
– 2017: “Memória de Brinquedo”, de Luiz Fernando Bongiovanni
– 2018: “Cirandas”, de Simone Camargo
– 2018: “Relações”, de Carlos Laerte

 

 

Matheus Queiroz | Pesquisa SPCD

Videografia

X