Dança em Rede

Cia. da Ideia

  • Categoria: Companhias Profissionais
  • País de origem: Brasil
  • UF de origem: RJ
  • Cidade de origem: Rio de Janeiro
  • Ano de criação: 2005
  • Responsável: Sueli Guerra
  • Responsável cargo: Diretor
  • Telefone: (21) 3592-2500
  • Endereco: Gisele Alvim Espaço de Dança: Rua São Clemente, 409
  • Bairro: Botafogo
  • E-mail: ciadaideia.producao@gmail.com

Histórico

Percebendo a necessidade de uma companhia com espaço aberto para a experimentação coletiva e a compartilhação de ideias, onde se pudesse inovar os modelos de concepção artística, Sueli Guerra fundou em 2005, ao lado de Jean Gama, a Cia. da Ideia.

A Cia. da Ideia está sempre presente nos palcos cariocas e do Brasil, dividindo-se entre apresentações de espetáculos do seu repertório e pesquisas de novos projetos, sempre questionando o modo de fazer artístico na dança e nas artes cênicas em geral e buscando uma nova reflexão sobre a sociedade contemporânea.


Ficha Técnica atual:

-Sueli Guerra- Fundadora, Diretora Artística, Coreógrafa e Intérprete-Criadora

-Edney D`Conti- Intérprete-Criador

-Olívia Vivone- Intérprete-Criadora

-Flora Bulcão- Intérprete-Criadora

-Silvana Didonet- Intérprete-Criadora

-Francisco Rocha- Iluminador Cênico

Videografia

Será?! :
http://www.youtube.com/watch?v=eZeN6vvBaps

Jangada de Pedra:
http://www.youtube.com/watch?v=j2xKtsWYi_s

Cia da Ideia em Pequenas Peças:

Trabalhos

Seu primeiro trabalho, Estação Mumbai”, foi apresentado na Mostra de Cinema “Mostra o seu que eu mostro o meu” (RJ) e no “Painel Brasil” da Mostra de Vídeo-Dança / Dança Brasil (CCBB – RJ e DF).

A parceria de Sueli Guerra com Jean Gama tornou-se cada vez mais produtiva, resultando na criação de uma nova obra. Em 2006, surgiu o espetáculo “Estação”, criado em conjunto com os bailarinos Gisele Alvim, Tiago Sancho e Samuel Frare.

Com esse espetáculo, a Cia da Ideia cresceu e consolidou-se, participando do Festival Internacional de Campinas FevereFestival (SP), da Mostra UERJ de Dança e fazendo temporadas ao longo de 2006 e 2007 nos teatros Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, Café Cultural, Sesc Tijuca, Sede da Cia. dos Atores e Teatro Cacilda Becker.

Em 2008, a Cia lançou-se na pesquisa de um novo espetáculo, misturando bailarinos e atores na busca por uma linguagem cada vez mais plural e orgânica, dando origem à ”Jangada de Pedra”.

A partir de 2009, a Cia participou de diversos eventos com seus principais trabalhos: “Estação” foi para o Festival Dança Pará e Festival Tápias em 2009, e “Jangada de Pedra” participou do Festival Nacional de Dança do Cariri e ficou em temporada no Teatro Dulcina em 2011, além de participar do curta-metragem “Impulso”, dançando trechos do espetáculo “Estação”, entre outros eventos.

Ainda no ano de 2011, foi contemplada com o Fundo de Apoio à Dança – FADA, para montagem do projeto “Será!?”

Em 2012, estreou o espetáculo “Pequenas Peças”, inspirado no universo de Clarice Lispector, apresentado no Teatro do Jockey, no Teatro SESI Vitória (ES) e em duas temporadas no Teatro Dulcina, em 2013. Foi recém contemplado com o edital da SMC, Programa de Fomento à Cultura Carioca, a se realizar no ano de 2014.

Em 2012, inaugurou o Projeto “Será!?”, com apoio do Fundo de Apoio à Dança – FADA, realizado em praças públicas e estações da SuperVia, divulgando a dança contemporânea pela cidade do Rio de Janeiro e, em 2013, como o apoio do Prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua, o “Será?!” fez turnês também por São Paulo (SP) e Vitória (ES), além do Rio de Janeiro.

Seu mais novo trabalho, Batuque Contemporâneo, feito em parceria com o músico paulista Guga Machado, estreou em 2013 em São Paulo, na Galeria Olido, e no Rio, no Teatro Dulcina.
X