Giselle

  • Categoria: Coreografias
  • País: França
  • Cidade: Paris
  • Ano: 1841
  • Duração: 100
  • Grupos: Ballet da Ópera de Paris
  • Autores: Jean Coralli e Jules Perrot
  • Remontagens: American Ballet Theater
    Ballet do Teatro Maryinsky
    Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
    Bolshoi Ballet
    Het National Ballet
    La Scalla
    Royal Ballet

Conteúdo

Coralli estudou e se formou na Ópera de Paris, estreando com a companhia em 1802. Ele foi professor da Ópera de 1831 a 1850. Seu mais lembrado trabalho coreográfico para essa companhia foi a coreografia, junto de Jules Perrot, do ballet Giselle.

Um dos maiores coreógrafos românticos, coreografou para as principais bailarinas do período, como Fanny Elssler e Carlota Grisi. Seu principal legado, Giselle, não é representativo de seu trabalho como um todo, pois ele dava preferência ao espetáculo grandioso e aos assuntos exóticos. Foi bastante elogiado pela sua habilidade de criar efeitos cênicos de mágica.

Um dos mais importantes criadores da Escola Romântica, Jules Perrot estudou com Vestris e trabalhou em alguns teatros franceses, além do London’s King, antes de estrear no Ballet da Ópera.

Ele foi partner de Taglioni e Carlota Grisi, de quem foi amante. Ele dançou alguns dos principais trabalhos que levaram ao romantismo, em especial Robert Le Diable. Foi o coreógrafo de todos os solos de Carlota Grisi no papel de Giselle, coreografia que assina em conjunto com Jean Coralli. Perrot também dançou o papel de Albrecht na estreia inglesa de Giselle.

Foi Maître de Ballet de um teatro real em Londres por cinco anos, coreógrafo do La Scala em Milão e professor em São Petesburgo. Além de ter trabalhado em Berlim, Bruxelas, Lyons e Varsóvia.

O principal reconhecimento dado a seu trabalho foi o de integrar drama e coreografia, contando histórias através dos movimentos, sem a necessidade de acessórios explicativos.

Links





Por Henrique Rochelle | SPCD Pesquisa
40

Bibliografia

Algumas sugestões de leituras e referências acerca da História da Dança:

ANDERSON, Jack. Ballet and Modern Dance: a concise history
ANDERSON, Jack. Dança
AU, Susan. Ballet & modern dance.
BALANCHINE, George; MASON, Francis. Complete Stories of the Great Ballets
BOUCIER, Paul. História da Dança no Ocidente
CAMINADA, Eliana. História da Dança: evolução Cultural
COHEN, Selma Jean. Dance as a Theatre Art
CRAINE, Debra; MACKRELL, Judith. The Oxford Dictionary of Dance
DILS, Ann; ALBRIGHT, Ann Cooper. Moving History / Dancing Cultures: a dance history reader
FARO, Antonio Jose; SAMPAIO, Luiz Paulo. Dicionário de Balé e Dança
KIRSTEIN, Lincoln. Four Centuries of Ballet
KOEGLER, Horst. The Concise Oxford Dictionary of Ballet
PORTINARI, Maribel. História da Dança
SCHOLL, Tim. From Petipa to Balanchine
SORELL, Walter. Dance in Its Time

Videografia

http://youtu.be/Svz7JAh9qZw

http://youtu.be/3TM-jpysTOA

Sinopse

O Duque Albrecht, noivo de Bathilda, vai para o campo disfarçado para cortejar Giselle, uma jovem, que se encanta pelo nobre disfarçado, apesar dos avisos de Hilarion, um guarda-caça que a cortejava também, e da preocupação de sua mãe, que, sabendo que Giselle tinha uma saúde delicada, tinha medo de que um envolvimento amoroso lhe fizesse mal.

Chega ao vilarejo um grupo de nobres que estava caçando, entre eles, Bathilde, que se encanta com Giselle. Hilarion, que descobrira a mentira de Albrecht o desmascara em frente à noiva e Giselle. Giselle se desespera tem um colapso e morre nos braços de Albrecht.

No segundo ato, com a lua sobre o túmulo de Giselle, onde Hilarion lamenta a perda de sua amada, vemos a chegada das Willis, espíritos de mulheres traídas e que morreram antes de casarem, que, lideradas pela sua rainha, Myrtha, caçam homens pela floresta para fazê-los dançarem até a morte, vingando seus destinos. Elas assustam Hilarion, que foge, e trazem para o seu grupo o espírito de Giselle.

Quando Albrecht chega ao túmulo com flores, chorando sua culpa, o espírito de Giselle aparece para ele e o perdoa, mas quando as Willis voltam, Myrtha o proclama condenado, e ele deverá dançar até a morte. Giselle se esforça para atrasar a morte de seu amado e consegue detê-lo até o nascer do sol, quando as Willis precisam voltar para seus túmulos. Assim, Albrecht e Giselle escapam dos poderes das Willis, e a moça volta a descansar em paz.

Giselle é o maior fenômeno dentre os bales românticos. A partir do tema das Willis proposto por uma balada, o libreto foi escrito e aceito pela Ópera em três dias, a trilha sonora escrita em uma semana, o balé colocado imediatamente em ensaio e produção, estreando em pouquíssimo tempo. Diversos bailarinos retratam as personagens principais (tanto masculina quanto feminina) como os papéis mais complexos da dança clássica.
X