Dança em Rede

Balé da Cidade de Rio Claro

  • Categoria: Companhias Profissionais
  • País de origem: Brasil
  • UF de origem: SP
  • Cidade de origem: Rio Claro
  • Ano de criação: 2010
  • Direção artística: Rafaela Martins
  • Telefone: (19) 2111-5710
  • Endereco: Rua Dois, 1682
  • Bairro: Centro

Histórico

O Balé da Cidade de Rio Claro surgiu em 2010 das atividades do programa Profissionalizando com Arte, em que os bailarinos Hebert Caetano e Rafaela Martins davam aulas de dança em instituições da cidade. É uma companhia de dança profissional cujo objetivo é a produção e circulação de espetáculos, além da fomentação do mercado de dança no interior do estado de São Paulo.
 
Os bailarinos e as bailarinas da companhia são selecionados por meio de audição, devem ser maiores de 18 anos e ter DRT. Os selecionados recebem salário e trabalham 20 horas semanais. Também há bolsistas e estagiários que participam das atividades da companhia e, neste caso, a idade mínima é 16 anos e não existe a necessidade de registro profissional.
 
Algumas produções da companhia foram realizadas por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC) do estado de São Paulo, como as obras "Em Algum Ponto de Vista" (2016), de Hebert Caetano, e "Quando o Corpo Toca" (2017), com direção de Hebert Caetano.

Videografia

Trechos de "Circulando na Dança" (2017), direção de Hebert Caetano
 
Trecho de "Quando o Corpo Toca" (2017), direção de Hebert Caetano
 
Trecho de "Cante Jondo" (2014), de Hebert Caetano

Verbete editado por:

(Cássia Pires | Pesquisa SPCD – Atualizado em 18 de março de 2021)

Trabalhos

Algumas das principais obras do repertório da companhia são "Imensidão Azul" (2018), de Rafaela Martins; "Circulando na Dança" (2017) e "Quando o Corpo Toca" (2017), direção de Hebert Caetano; "Caminhos Juntos que Trilhei Sozinho" (2014), "Cante Jondo" (2014), "Corpos, Palavras e uma Intervenção" (2013), "Em Algum Ponto de Vista" (2016), "Coppélia" (2011) e "No Princípio" (2006), de Hebert Caetano.
X