Dança em Rede

Denise Galvão

  • Categoria: Profissionais da dança
  • País de origem: Brasil
  • UF de origem: SP
  • Cidade de origem: São Paulo
  • Atividade: Coreógrafa
  • Atividade: Diretora Artística
  • Atividade: Professora
  • Data de nascimento: 23/12/1963

Histórico

A bailarina, professora e diretora de dança Denise Galvão é natural de São Paulo. Iniciou seus estudos de dança aos 9 anos na Escola Municipal de Bailados de São Paulo, onde cursou balé clássico por seis anos, período em que estudou com as professoras Sandra Amaral e Toshie Kobayahi.

Aos 12 anos, foi convocada pela Seleção Paulista de Ginástica Rítmica Desportiva onde competiu individual e coletivamente conquistando diversas premiações. Durante 1 ano, fez curso de Ginástica Rítmica Desportiva com professores da Seleção Brasileira da Universidade de Campinas (Unicamp).

Denise mudou-se para Fortaleza aos 15 anos e ingressou na Academia de Ballet Hugo Bianchi, concluindo os cursos de balé clássico e dança moderna. Como bailarina, interpretou uma série de papéis em balés de repertório, como Rainha das Dríades e Mercedes (D. Quixote), Rainha das Willys (Giselle), Joana D’Arc, Scherezade, entre outros. Durante este período, Denise fortaleceu a técnica da dança com professores como Eugenia Feodorova, Marika Gidali, Verônica Coutinho e Flávio Sampaio.

Em 1985, Denise Galvão formou-se em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e assumiu o cargo de professora da Academia Hugo Bianchi. No ano seguinte, conclui formação em aplicação da fisioterapia no balé clássico, o que destacava Denise como uma das poucas professoras na cidade que pensava o movimento corporal de forma responsável. Em 1987, torna-se coreógrafa e diretora artística da academia de Hugo Bianchi.

Juntamente com Rosane Nóbrega, Denise criou a Anima Companhia de Dança, em 1991. O grupo duraria pouco mais de um ano, mas reuniu um elenco de bailarinos profissionais como Cláudia Pires, Mônica Nepomuceno, Christiane Cintra e Bira Fernandez. Neste período, o grupo recebeu o bailarino Fernando Mendes, que dirigiu com Denise, o espetáculo Trams.

Denise colaborou com diversos grupos locais, como GAD, Vidança, Risco de Breu e Corpus 3 e foi ainda professora do Colégio de Dança do Ceará, onde ministrou aula de alongamento aplicado à dança.

Em 1995, montou o Conservatório de Dança Denise Galvão, dedicado ao ensino teórico e prático da dança. O espaço tinha uma proposta diferenciada, por oferecer às alunas palestras, aulas de vídeo e atendimento com nutricionista, uma abordagem diferente das academias de então. Em sua sede, recebeu companhias como o Pano de Boca, que fazia aulas com Denise.

Próximo ao ano 2000, Denise mudou-se para a Holanda, onde atualmente ministra aula de balé clássico e trabalha no Consulado Brasileiro do país. O Conservatório Denise Galvão foi dirigido pela bailarina e professora Cíntia Guimarães, mas extinto anos depois.

Links

(por Elisa Parente | Pesquisa SPCD) 653

Bibliografia

Fonte:

Programas dos espetáculos dirigidos por Denise Galvão (acervo pessoal).

GADELHA, Rosa Cristina Primo. A Dança Possível: as Ligações do Corpo Numa Cena. / Rosa Cristina Primo Gadelha. - Fortalza: Expressão Gráfica e Editora Ltda., 2006.

Trabalhos

Conservatório de Dança Denise Galvão
- Lapidarium – Brasil Precioso, 500 Flores e Tramas (1999). Coreografias e direção: Denise Galvão
- Coreografia Sobre Tela (1997). Coreografias: Denise Galvão (O Céu e A Terra), Flávio Sampaio (O Mar) e Adalberto Souza (O Inferno).
- Ballerina - A História da Dança (1996). Direção e coreografia: Denise Galvão
- Gala Fernando Mendes (1995).

Academia de Ballet Hugo Bianchi
- Excerptus (1994). Direção: Hugo Bianchi. Coreografia: Denise Galvão
- A Viúva Alegre (1991). Adaptação Hugo Bianchi e Denise Galvão.
- Dom Quixote (remontagens em 1990, 2006). Direção artística e remontagem: Denise Galvão. Adaptação: Flávio Sampaio e Denise Galvão
- O Lago dos Cisnes (1989 e 1992). Direção geral: Hugo Bianchi. Coreografia e direção artística: Denise Galvão.
- La Bayadere (1988). Coreografia: Denise Galvão e Verônica Coutinho. Direção artística: Denise Galvão.
- O Quebra-Nozes (1987 e 1993). Direção: Hugo Bianchi.

Anima
- Trams (1991). Direção de Denise Galvão e Fernando Mendes.
X