Dança em Rede

17 Pontos

  • Categoria: Coreografias
  • País de origem: Brasil
  • Cidade de origem: Fortaleza
  • Ano de criação: 2005
  • Grupos de estreia: Andréa Sales
  • Autores: Andréa Sales

Histórico

Andréa Sales é intérprete-criadora e faixa-roxa de Karate-do. Integrou a Cia da Arte Andanças como bailarina de 1996 a 2003. Estudou no Colégio de Dança do Ceará em 2000 e 2001. Desenvolve projetos com interesse na aproximação entre as linguagens de dança e vídeo.

Principais trabalhos:
Videodanças:
- A Carne Não é Fraca (2010)
- O Caminho das Mãos Vazias (2006)

Espetáculos:
- Casa (2011)
- NOVEMBRO (2011)
- Varal (2009)
- Diálogo Físico – Andréa Sales e Possidônio Montenegro (2008)
- Silêncio da Intimidade (2005)
- 17 Pontos II (2005)
- 17 Pontos I (2004)
- Impressões (2001)

Links

http://asales.com.br/?p=46

Matéria sobre 17 Pontos no jornal Diário do Nordeste:
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=188958

(por Elisa Parente | Pesquisa SPCD)" 87

Videografia

Imagens de 17 Pontos II:
http://vimeo.com/38709081"

Sinopse

O espetáculo tem como base o estudo dos apoios do corpo. Tomando como ponto de partida o ato de cair, fascinada pelas quedas ao chão, a intérprete-criadora investiga o tônus corporal ideal para sua acomodação e interferência no espaço cênico. Na montagem, o olhar da intérprete se volta para o funcionamento motor do corpo.

O trabalho reflete uma curiosidade sobre as alavancas que condicionam a atividade da máquina humana. Tendo como ponto de partida o banal ato de cair, Andréa Sales investiga os movimentos que envolvem esse processo, compreendido como uma metáfora do entrar e sair do chão. Com 17 pontos, a bailarina está interessada em desvendar como o corpo se ajusta, se fortalece, se impõe, diante dessa dinâmica, ou melhor, do confronto entre emergir e submergir", avaliou matéria do Diário do Nordeste.

FICHA TÊCNICA:
Criação e interpretação: Andréa Sales
Figurino: Ruth Aragão
Iluminação: Walter Façanha
Música: Kruder & Dorfmeister / Björk"
X