Dança em Rede

Cia de Dança Centro Cultural Carioca

  • Categoria: Companhias Profissionais
  • País de origem: Brasil
  • UF de origem: RJ
  • Cidade de origem: Rio de Janeiro
  • Ano de criação: 2004
  • Responsável: Isnard Manso
  • Responsável cargo: Diretor/Coreógrafo
  • Telefone: (21) 2252-6468
  • Endereco: Rua do Teatro, 37
  • Bairro: centro

Histórico

A Cia de Dança CCC nasceu em agosto de 2004, a partir de encontros para assistir vídeos de dança, trocar experiências e para o aprofundamento em processos investigativos entre seus componentes.

Com o objetivo de se tornar um veículo de manifestação artística, que se expressa através do samba, da dança contemporânea e do teatro, a Cia iniciou a busca de uma proposta estética própria e diversa. Nestes encontros a idéia de valorizar o que há de mais autêntico na movimentação do carioca foi se fortalecendo.

A investigação da Cia se dá através da experimentação de movimentos que traduzem comportamentos, valores, idéias, desejos e sentimentos, criados e recriados ao longo das décadas. A partir do olhar sobre o carioca, esses movimentos vão compondo a cidade, seus habitantes e o seu modo de vida.

Instalada em plena Praça Tiradentes, no centro do Rio de Janeiro, a Cia de Dança CCC investiga a identidade do carioca através do gestual e do movimento, entrelaçando passado e presente.

Trabalhos

DANCING ELDORADO

O célebre DANCING ELDORADO, das décadas de 40 e 50, ressurge no palco do Centro Cultural Carioca em um espetáculo de dança, teatro e música.
A Cia de Dança CCC apresenta um Dancing construído a partir de pesquisa histórica e de depoimentos de mulheres que frequentaram ou trabalharam nos dancings da época, relembrando cenas e musicas que escreveram parte da história dos costumes cariocas.


BOTA ABAIXO

O espetáculo de dança BOTA ABAIXO contextualiza o aparecimento da cultura de massa do Rio de Janeiro no início do século, reprimida pelas classes dominantes e posteriormente adotada como identidade nacional.

O espetáculo faz uma crônica sobre o nascimento de um novo comportamento do carioca. Momento fundamental da história do Rio de Janeiro, Pereira Passos empreendeu uma grandiosa reforma urbanística no Rio de Janeiro (1903-1906). De um lado, tornou o Rio um centro cosmopolita, saneado, com avenidas largas e uma noite cintilante. De outro, reprimiu com violência as manifestações das classes pobres, revoltadas com a derrubada de seus cortiços, episódio que ficou conhecido como Bota Abaixo. Desse conflito surge a figura do malandro, que abraça a marginalidade e reinventa a modernidade imposta aos miseráveis, transformando-se numa espécie de herói e mártir dessa resistência.
X